Casal Nardoni é condenado pela morte de IsabellaO casal Nardoni foi condenado pelo assassinato de Isabella Nardoni, de 5 anos, ocorrido no dia 29 de março de 2008. O veredicto foi anunciado por volta da 0h40min pelo juiz Maurício Fossen, que deu a sentença: 31 anos e um mês para Alexandre Nardoni e 26 anos e oito meses para Ana Carolina Jatobá. Os réus cumprirão pena em regime fechado. Também foram sentenciados a oito meses de prisão, em regime semi-aberto, por fraude processual.

Segundo o promotor Francisco Cembranelli, as provas incriminavam os acusados e isto determinou o resultado da sentença. “O júri não é uma ciência exata. Não é possível saber o resultado”, explicou Cembranelli. Para ele, a pena foi adequada e compatível com a conduta do acusado.

Os sete jurados, quatro mulheres e três homens, responderam a várias perguntas para chegar a decisão que condenou Alexandre e Ana Carolina.

São elas, basicamente, para Alexandre:
1a) A esganadura provocou a morte de Isabella?
1b) Isabella foi jogada pela janela?
2a) Alexandre deixou de socorrer Isabella durante a esganadura?
2b) Foi Alexandre quem jogou Isabella pela janela?
3) O jurado absolve o réu?
4a) O crime foi cometido de maneira cruel em relação à esganadura?
4b) O crime foi cometido de maneira cruel em relação à queda da janela?
5a) Houve emprego de recurso que impossibilitou a defesa da vítima em relação à esganadura?
5b) Houve emprego de recurso que impossibilitou a defesa da vítima em relação à queda da janela?
6) O crime foi cometido para esconder a esganadura?
7) O crime foi cometido contra menor de 14 anos?
8 ) O réu mexeu no local do crime com o intuito de enganar a Justiça?
9) O réu lavou alguma roupa no local para impedir a coleta de provas?
10) O jurado absolve o réu?
11) O réu lavou alguma roupa no local para eximir-se da culpa?

Para Jatobá, as perguntas são as mesmas, somas a número 2 (a e b), descritas abaixo:
2a) Anna Jatobá deixou de socorrer Isabella durante a queda da janela?
2b) Foi Jatobá quem esganou Isabella?

Redação Contexto Jurídico


1 comentário

MARIBEL INEU MORAES · 27 de março de 2010 às 7:54 AM

Sempre achei que no Brasil nao existisse justica, agora sera que estamos abrindo nossos olhos para a real face da vida temos que julgar culpados coloca los na cadeia, tenho pena daquelas duas criancas que ficaram sem pais, mas ainda poderao visita los na cadeia com o passar do tempo, E AQUELA pobre mae que ficou sem sua filha, podera relembra la so em fotos, imagens ,pensamentos. Na minha opiniao muitas vezes em caso de separacao, a ppessoa mais agressiva ou sem personalidade definida nao deveria ter contato com os filhos Gostaria muito de ter o email do DR CEMBRANELI PARA MANDAR UMA MENSAGEM DE AGRADECIMENTO ELE E UM VENCEDOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *