A Comissão de Turismo discute nesta terça-feira (13) as implicações da criação de condomínios hoteleiros, prevista no PL 2867/04. O PL foi rejeitado na Comissão de Desenvolvimento Econômico e tem parecer favorável na Comissão de Turismo, onde aguarda votação.

Na avaliação do deputado Roberto Santiago (PSD-SP), que propôs o debate, a autorização de criação de Condomínios Hoteleiros empreendimentos imobiliários com fins comerciais, em que as unidades habitacionais destinam-se a serviços de hospedagem traz uma alternativa de investimento para pessoas físicas e jurídicas, ao mesmo tempo em que se amplia a capacidade de oferta de nossa indústria hoteleira.

Porém, nos fica a dúvida da qualidade dos serviços prestados e a condição de trabalho dos prestadores desse serviço, argumenta o parlamentar.

Foram convidados:

– o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade, Moacyr Aversvald;

– o vice-presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Condomínios e Edifícios, Paulo Roberto Ferrari;

– o presidente do Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo, Claudio Bernardes;

– o presidente da Federação de Empregados em Turismo e Hospitalidade de Minas Gerais, Paulo Roberto da Silva;

– o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção, Paulo Safady Simão; e

– o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio de Abreu.

O debate será realizado às 14h30, no plenário 5

FONTE: CÂMARA DOS DEPUTADOS


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *