Planejar o roteiro antes de sair de casa ajuda a poluir menos. Foto: Alvarélio Kurossu / Agencia RBS

Você já ouviu falar de “ecodriving”? Trata-se de uma forma de direção consciente, que busca reduzir o impacto nos deslocamentos, sejam eles com carros de passeio ou caminhões.

De acordo com Luiz Munhoz, diretor da Mix Telematics, uma das líderes mundiais de telemetria, os veículos causam impacto no ambiente queimando combustível, liberando gases tóxicos na atmosfera e também pelo desgaste das peças, pastilhas de freio, pneus e óleo do motor queimado. — Dirigir com consciência é fundamental e as empresas que possuem frotas, independente do ramo, precisam saber o quanto a má direção traz prejuízos não só para seus bolsos, mas para o meio ambiente — diz.

>>> Confira as dicas de Munhoz para dirigir com consciência:

1- Utilizar a faixa verde: Os veículos possuem uma faixa ideal de rotação para serem mais econômicos e o motorista deve trocar as marchas de forma a se manter dentro dessa faixa de rotação. Nos carros de passeio a rotação fica normalmente entre 1500 e 3500 RPM, já nos caminhões a faixa é mais baixa – de 1000 a 2400 RPM -, normalmente o veículo possui um conta-giros e a faixa está assinalada com fácil identificação.

2- Utilizar o freio motor: a regra básica é utilizar a mesma marcha para descer uma ladeira e para subir. Não desça uma ladeira em ponto morto, pois isso irá obrigar a utilização excessiva dos freios que podem esquentar e perder a sua efetividade, além de gastar as pastilhas de freio muito mais rapidamente (os resíduos delas são altamente tóxicos)

3- Abastecer em postos conhecidos: o combustível adulterado altera drasticamente o desempenho do motor, aumenta o consumo e reduz a sua vida útil. Dessa forma, o ideal é eleger alguns postos de combustível e sempre abastecer nos mesmos.

4- Fazer a manutenção periódica: o veículo em condições ideais de funcionamento gastará pouco e poluirá menos, além de ser mais seguro. Troque regularmente o óleo do motor, os filtros do veículo, filtro do óleo, do ar e do combustível. Filtros sujos aumentam o consumo e reduzem a vida útil do motor.

5- Dirija de forma preventiva: enquanto dirige, observe o trânsito atentamente tentando antever os problemas. Não fique muito próximo do veículo da frente. Acelerações e freadas bruscas provocam aumento expressivo no consumo de combustível.

6- Planeje o seu roteiro: antes de sair estude o caminho e mapas, mesmo se for utilizar um navegador. Isso evita voltas desnecessárias, que irão aumentar o tempo do percurso e gastar mais combustível. Procure fazer o roteiro fora de horários de pico, início do dia e final da tarde, quando o trânsito intenso irá aumentar o consumo.

7- Reduza a velocidade: saia em tempo suficiente para fazer o seu caminho com uma velocidade menor. Uma redução de 10% na velocidade pode ter impacto de mais 25% no seu consumo. Além disso, a velocidade é a maior causadora de acidentes.

8- Manter os pneus calibrados: pneu descalibrado aumenta o consumo do veículo e o desgaste dos pneus. Além disso, se houver excesso de pressão, a frenagem do veículo ficará comprometida ou haverá estouro dos pneus.

9- Utilize sistemas de navegação: Os navegadores identificam o tráfego e indicam os caminhos mais rápidos. O trânsito reduz muito o desempenho do seu veículo e aumenta muito o consumo;

10- Utilize meios de transporte coletivo ou divida o trajeto com os colegas: isso reduz o número de carros nas ruas e, consequentemente, trânsito e poluição.

11- Utilize um veículo adequado a sua necessidade: grandes veículos para uma pessoa se deslocar sem carga, são uma forma de gasto de combustível desnecessária. Prefira um veículo compatível com sua necessidade, pois irá gastar menos combustível e seguro.

FONTE: CAROLINA SALLES


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *