O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça e Defesa do Consumidor de Curitiba, instaurou um inquérito civil para apurar possível prática de publicidade abusiva em um anúncio do Fiat 500, também conhecido como Cinquecento.

A promotora Cristina Corso Ruaro disse que, no entendimento da institutição, uma frase dita pelo ator Dustin Hoffmann na publicidade levada ao ar em rádios seria um incentivo ao consumidor para agir de forma contrária à lei.

Na publicidade, primeiramente a frase é dita em português e, depois, o ator a repete em inglês: “Você tem apenas uma chance de escapar da polícia. Aqui está a chave de meu Cinquecento”.

Segundo a agente do MP-PR, “o Código de Defesa do Consumidor é claro ao considerar isso abusivo”, salientou.

O inquérito está sendo aberto por “desrespeito ao parágrafo 2.º do artigo 37 do CDC que, entre outras questões, considera abusiva a publicidade que seja capaz de induzir o consumidor a se comportar de forma prejudicial ou perigosa à sua saúde ou segurança”.

Cristina disse ter enviado um ofício sugerindo que a publicidade seja retirada imediatamente do ar.

Contraponto

Em nota, a Fiat disse “não ter sido oficialmente comunicada da instauração de qualquer processo ou procedimentos em qualquer instância envolvendo a publicidade do Cinquecento”.

Fonte: Espaço Vital


1 comentário

Diego · 12 de outubro de 2011 às 12:53 AM

Era só o que faltava, quando conseguem trazer um carro “melhorzinho” para o nosso país ainda sofrem processos… Isto só prejudica os publicitários que tentam criar propagandas diferentes para atrair o publico. Além do que qual ser humano que não sabe que a prática anunciada é ilegal… Descordo da decisão do MPE-PR.
O cinquencento é um carro e tanto, equipado com uma vasta gama de itens de série, veio para brigar na categoria dos compactos premium, ao lado do Audi A1 e do Mini Cooper. Caso queira saber um pouco mais sobre o carro da uma olhada lá no meu site http://www.zerorodas.com.br
Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *