MP emite parecer contrário ao semiaberto para Suzane von Richthofen

O Ministério Público de São Paulo emitiu parecer contrário a progressão para o regime semiaberto a Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos e seis meses de prisão por participação na morte dos pais, Manfred e Marísia von Richtofen, em outubro de 2002. O promotor de Justiça Paulo José De Palma, da Vara de Execuções Criminais de Taubaté, Vale do Paraíba, encaminhou à Justiça parecer contrário ao pedido de progressão de regime prisional feito pela defesa de Suzane.
(mais…)