A Justiça mineira condenou um cemitério em Governador Valadares a pagar R$ 60 mil pelo desaparecimento de um corpo, sepultado há 12 anos. A 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) considerou que uma empresa de administração de cemitério deve pagar o valor por danos morais aos filhos da mulher cujo corpo sumiu do jazigo.

O túmulo foi adquirido quando a mãe faleceu, em janeiro de 1997. Em abril de 2003, com a morte do pai e na ocasião de seu sepultamento, os familiares constataram o desaparecimento dos restos mortais da mãe. No local, havia, segundo testemunhas, uma ossada com calça e meias masculinas.

De acordo com o TJ-MG, a empresa alegou que não era possível comprovar que os corpos teriam sido trocados. Para os desembargadores do tribunal ficou comprovado o desaparecimento do corpo da mulher e a responsabilidade da administradora do cemitério.


Mallmann

Filipe Pereira Mallmann Apaixonado pelo direito e aficionado por novas tecnologias. Para ler mais artigos de Mallmann, . Redes Sociais: Google + · Facebook · Twitter

2 comentários

Filipe via Rec6 · 31 de julho de 2009 às 2:43 PM

TJ-MG condena cemitério a pagar R$ 60 mil pelo desaparecimento de corpo : Contexto Jurídico…

A Justiça mineira condenou um cemitério em Governador Valadares a pagar R$ 60 mil pelo desaparecimento de um corpo, sepultado há 12 anos. …

domelhor.net · 31 de julho de 2009 às 2:45 PM

TJ-MG condena cemitrio a pagar R$ 60 mil pelo desaparecimento de corpo…

A Justia mineira condenou um cemitrio em Governador Valadares a pagar R$ 60 mil pelo desaparecimento de um corpo, sepultado h 12 anos. A 11 Cmara Cvel do Tribunal de Justia de Minas Gerais (TJ-MG) considerou que uma empresa de administrao de cemitrio d…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *