Servidores de todos os setores do funcionalismo público federal estão hoje (24) em Brasília participando de mais um ato nacional unificado, organizado por centrais sindicais e pelas entidades que compõem o Fórum Nacional dos Servidores Públicos Federais.

A manifestação, que também será realizada em conjunto com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), visa cobrar do governo federal retorno às reivindicações, apresentadas ao Executivo pelos servidores no início deste ano.

A Fenajufe considera fundamental a participação de toda a categoria, nesse momento em que o governo sinaliza com a possibilidade de manter a política de reajuste zero ao funcionalismo público.

Os ministros da Fazenda e do Planejamento, Guido Mantega e Míriam Belchior, respectivamente, e a própria presidente da República, Dilma Rousseff, têm dito, reiteradas vezes, que em uma função da crise econômica que toma conta dos Estados Unidos e da Europa a orientação é não aprovar projetos que gerem novos gastos para o governo.

A concentração da categoria acontece na Catedral de Brasília, a partir das 10hs. Lá, o bloco do Judiciário e do MPU se juntará aos militantes do MST e das outras categorias do funcionalismo público, que virão do Ginásio Nilson Nelson.

No ato, os servidores cobrarão do governo uma resposta à pauta de reivindicações, entregue à ministra do Planejamento, Míram Belchior, em abril deste ano. Na avaliação dos dirigentes sindicais, desde o início das reuniões da mesa de negociação não houve qualquer avanço e o governo, além de não apresentar uma proposta de política salarial para o conjunto do funcionalismo, continua dando encaminhamento aos projetos que prejudicam os servidores.

Além das reivindicações gerais do funcionalismo federal, os servidores reivindicam aprovação dos PLs 6613/09 e 6697/09 e a independência e a autonomia do Judiciário Federal e do MPU.

Fonte: Jusbrasil


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *