Brasília – Servidores do Judiciário Federal poderão ter reajuste de 80% nos salários. A proposta, que está sendo acertada entre sindicalistas e presidentes de tribunais superiores, já tem até minuta de projeto de lei para ser apresentada ao Congresso Nacional.

O projeto inclui aumento de 15% nos salários, mais reajuste da Gratificação Judiciária (GAJ), o que vai render 80,17% de aumento para servidores de tribunais superiores e do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Com o reajuste, o menor salário vai passar de R$ 1.998,19 para R$ 3.582,06. No caso de analistas, o salário atual de R$ 10.436,12 vai passar a ser de R$ 18.802,40. A medida deve beneficiar cerca de 100 mil servidores.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário (Sindjus), a proposta foi discutida em reunião ontem (7) com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e será levada à sessão administrativa da Corte na próxima quinta-feira (15). Se aprovada, deve ser enviada ao Congresso ainda este mês.

Categorias: Dinheiro

Mallmann

Filipe Pereira Mallmann Apaixonado pelo direito e aficionado por novas tecnologias. Para ler mais artigos de Mallmann, . Redes Sociais: Google + · Facebook · Twitter

9 comentários

Emerson-SP · 9 de outubro de 2009 às 8:50 PM

Parabéns, eu sou funcionário do TJ e o presidente e não conseguimos nem o reajuste da data-base (que o Sr. José Serra simplesmente ignorou). Em São Paulo é assim niguém cumpri a Lei, nem o Governador, nem o Prefeito e tão menos o Tribunal de Justiça caloteiro

Emaliza · 19 de outubro de 2009 às 4:45 PM

Meu Deus, só ele pra ter compaixão dos funcionários publicos do Estado de Se.Paulo.Há l0 anos não temos aumento.Aqui,este governador,Sr. José Serra não cumpre a Lei, não paga precatórios de alimentos,e o Tribunal de Justiça,na pessoa do seu Ilustre Presidente,dá aumentos generosos pra eles mesmos na calada da noite ou da madrugada.E nós como ficamos,nem reposição de inflação do passado não temos.Aposentador,nem se fala.Não tem mais dinheiro nem pros remédios.E este Governador ainda tem a pretensão de ser PRESIDENTE DESTE PAIS.
Ora,por favor,Será que ele não come,não tem familia,não toma remédios,nem que seja pra dor de barriga?O Presidente do Tribunal vai embora este ano, e dai?
Como ficamos nós do Poder Judiciário de S.Paulo. Nem o FAM, fator de atualização monetária que temos como direito adquirido, e que já se encontra pronto para ser pago, ele diz que não tem dinheiro.Que vergonha. Também estão cada dia mais longe do berço e perto da sepultura. O deles vem, porque querem deixar de herança para os parentes. “Isto é uma vergonha”,como diz nosso grande jornalista Boris Casoy. Obrigada.

Delmar · 24 de novembro de 2009 às 8:37 PM

Lembro a vcs caros senhores que o sálário de analista informado de R$ 18.802,00 é final de carreira, já com média de 17 anos de serviços prestados. O salário inicial será em torno de R$ 10.000,OO o que é menor que um analista do Banco Central em início de carreira que é em torno de R$ 12.000,00, portanto o que buscamos nada mais é que isonomia com os outros poderes, nada mais.

MARCOS FEITOSA - ANALISTA DO SEGURO SOCIAL · 2 de dezembro de 2009 às 10:46 PM

ACHO QUE O BRASIL DEVE APROVEITAR O MOMENTO DE CRESCIMENTO ECONOMICO E SOCIAL PARA DIMINUIR AS DIFERENÇAS E NÃO PARA APROFUNDA-LAS. SEI TAMBÉM QUE OS SERVIDORES DA JF SÃO QUALIFICADOS, NO ENTANTO AINDA ACHO QUE ESSES SALÁRIOS SÃO EXARCEBADOS PARA A NOSSA REALIDADE.

Alex · 19 de março de 2010 às 9:30 AM

Bom dia

Gostaria de saber se este aumento será para todos os tribunais regionais do brasil (TRE, TRF, TRT)?
Sabe me informar se o Ministério Público da União também receberá algum aumento para ter seu salário reajustado?

att
Alex

Daniel · 12 de junho de 2010 às 11:16 AM

QUE ABSURDO! Essas remunerações são aqui no Brasil? Pois em nada parece com a realidade da nação!
Há um terrível engano em lhes chamar de SERVIDORES PÚBLICOS, deveriam ser chamados de SERVIDOS PELO PÚBLICO!
Sou um servidor municipal, nível superior, que tem no mínimo 10x mais responsabilidade sobre mim do que um técnico judiciário, que ganha o salário inicial muito maior do que a minha remuneração de 6 anos de carreira, da qual eu não reclamos pois é muito superior a média de mercado paga aos nobres advogados, contadores, dentistas e tantos outros que suam sangue para, talvez, colocar 4 mil reais no bolso no ffinal do mês, sem direito a férias, 13o salário, nem tampouco estabilidade.
O setor produtivo, que gera renda que deveria virar esta mesa e ir pra cima do STF para parar com essa baixaria!
Somos servidores, devemos servir ao público e não estorquilos. Lembro-me sempre que nem tudo que é legal é necessariamente moral!
Meus subordinados fazem muito mais do que um técnico judiciário e ganham R$ 1.200,00, e estão satisfeitos com suas remunerações, o Procurador Geral ganha R$ 6.000,00 e está satisfeito com seu salário.
Detalhe: nosso município é o que melhor paga seus funcionários no RS.
PROTESTO CONTRA A (IN)JUSTIÇA FEDERAL!

Cabresto sem Nó » Blog Archive » Servidores do Judiciário poderão ter aumento de 80% · 9 de outubro de 2009 às 8:41 AM

[…] Servidores do Judiciário Federal poderão ter reajuste de 80% nos salários. A proposta, que está sendo acertada entre sindicalistas e presidentes de tribunais superiores, já tem até minuta de projeto de lei para ser apresentada ao Congresso Nacional. aqui […]

Filipe via Rec6 · 9 de outubro de 2009 às 2:39 PM

Servidores do Judiciário poderão ter aumento de 80% : Contexto Jurídico…

Servidores do Judiciário Federal poderão ter reajuste de 80% nos salários. A proposta, que está sendo acertada entre sindicalistas e presidentes de tribunais superiores, já tem até minuta de projeto de lei para ser apresentada ao Congresso Nacional….

domelhor.net · 9 de outubro de 2009 às 2:41 PM

Servidores do Judicirio podero ter aumento de 80%…

Servidores do Judicirio Federal podero ter reajuste de 80% nos salrios. A proposta, que est sendo acertada entre sindicalistas e presidentes de tribunais superiores, j tem at minuta de projeto de lei para ser apresentada ao Congresso Nacional….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *