Novo integrante do TJRS advindo da avocaciaOriundo da classe dos Advogados, o Desembargador Altair de Lemos Junior assumiu o cargo hoje (18/5) no TJRS, salientando que a Justiça gaúcha é reconhecida nacionalmente pela prestação jurisdicional de vanguarda, moderna e adaptada à situação do País. Com 22 anos de exercício da Advocacia, destacou a importância do Quinto Constitucional que prevê a representação classista no Poder Judiciário.

O novo membro do TJRS afirmou que ascende à carreira da magistratura com a dupla responsabilidade de manter o alto nível jurisdicional com celeridade, “mas também de trazer para o seio da jurisdição a visão da Advocacia.” A experiência de Advogado, acrescentou, pode ser compartilhada e auxiliar “para que as decisões proferidas observem todas as expectativas das partes com relação ao processo”.

A solenidade foi conduzida pelo Presidente do TJRS, Desembargador Arminio José Abreu Lima da Rosa, no Plenário Ministro Pedro Soares Muñoz do Tribunal de Justiça.

Na saudação, em nome do TJ, a Desembargadora Isabel Dias Almeida salientou que o novo colega tem manifestado amor pela Justiça. “Aqui chega precedido por seu elevado conhecimento, profissionalismo, ética e moral.” Na avaliação da magistrada, a investidura na carreira por membro classista é essencial para revigorar os tribunais. “Enriquecerá a Casa com seu talento e capacidade de trabalho.”

Experiência compartilhada

No discurso, o Desembargador Altair de Lemos Júnior registrou que o TJRS é reconhecido por decisões altamente técnicas, mas jamais dissociadas da realidade socioeconômica. A Corte, disse, tem a visão aguçada das transformações do cotidiano, adaptando-se a elas, “sob pena de se traduzir numa Justiça engessada e antiquada”.

Nesse contexto, afirmou, “se enquadra a Seccional gaúcha da Ordem dos Advogados do Brasil”. Os Advogados, frisou, na defesa intransigente dos interesses dos clientes, “trazem às portas do Judiciário estudos doutrinários e interpretações legais que se tornam o estopim para a constante atualização da jurisprudência”.

Para ocupar a vaga no Judiciário Estadual, disse, “é preciso ter exercido uma Advocacia com retidão, de forma ética e competente”. Referiu que diversos apoiadores de sua campanha ao cargo tornaram-se amigos. “Advogados, magistrados, Promotores, membros do executivo e do Legislativo, pessoas de outras áreas, todas apostando que eu preenchia todos os requisitos necessários para chegar até aqui.” Por fim, agradeceu o carinho dos familiares.

Presenças

Prestigiaram o evento a Procuradora-Geral de Justiça, Simone Mariano da Rocha; o Procurador-Geral Adjunto, José Guilherme Kliemann, representando o Governo do Estado; a Subdefensora Pública-Geral, Lea Brito Kasper; e o Presidente da OAB/RS, Cláudio Pacheco Prates Lamachia; o Ministro aposentado do STJ Athos Gusmão Carneiro; os ex-Presidentes do TJ, Desembargadores Cacildo de Andrade Xavier e Osvaldo Stefanello; o Presidente do TRE/RS, Desembargador João Carlos Branco Cardoso.

Estavam presentes, ainda, o representante do TRF da 4ª Região, Desembargador Federal Luis Alberto D’Azevedo Aurvalle; os representantes da Direção do Foro da Capital, Juiz Alberto Delgado Neto, e do TRT da4ª Região, Desembargador Hugo Carlos Scheuermann; o representante da Procuradoria Regional da União da 4ª Região, João Paulo Veiga Sanhudo; os representantes do Comando-Geral da BM, Coronel Paulo Rogério Porto, e da Chefia da Polícia Civil, Delegado Gilberto Borsatto da Rocha; magistrados, Advogados, servidores, amigos e parentes do novo Desembargador.

Fonte: TJRS


Mallmann

Filipe Pereira Mallmann Apaixonado pelo direito e aficionado por novas tecnologias. Para ler mais artigos de Mallmann, . Redes Sociais: Google + · Facebook · Twitter

2 comentários

Arthurius Maximus · 19 de maio de 2009 às 2:02 PM

Boa sorte ao magistrado!

domelhor.net · 19 de maio de 2009 às 4:19 PM

Novo integrante do TJRS advindo da avocacia…

Oriundo da classe dos Advogados, o Desembargador Altair de Lemos Junior assumiu o cargo hoje (18/5) no TJRS, salientando que a Justia gacha reconhecida nacionalmente pela prestao jurisdicional de vanguarda, moderna e adaptada situao do Pas. Com 22 an…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *